O Lions

História

Em dezembro de 1951, Nivaldo Navarro, na qualidade de Delegado do Lions, visitou o Lions Clube de Montevidéu com o propósito de difundir o Leonismo da costa do Atlântico.

Fajardo tomou contato como Leonismo através de seu cargo de diretor do Jockey Club Brasileiro quando no Uruguai, assistia ao clásico “Armando Fajardo”, homenagem que lhe prestavam por haver pacificado os turfistas de Montevidéu.

Fundou o Lions Clube do Rio de Janeiro (Centro) em 16 de abril de 1952, com 40 companheiros.

Floriano Peixoto Santos, com mais 56 companheiros, fundou o Lions Paulista em 23 de julho de 1952.

 

OBJETIVO

Aprovado pela Resolução CNG nº 0127.1997/1998.

CRIAR e FOMENTAR um espírito de compreensão entre os povos da terra.

INCENTIVAR os princípios de bom governo e boa cidadania.

INTERESSAR-SE ativamente pelo bem estar cívico, cultural social e moral da comunidade.

UNIR os clubes com laços de amizade, bom companheirismo e compreensão mútua,

PROMOVER um fórum para a livre discussão de todos os assuntos de interesse público, excetuando-se, entretanto, o partidarismo político e o sectarismo religioso, que não serão debatidos pelos sócios do clube.

INCENTIVAR as pesoas bem intencionadas a servir as suas comunidades sem benefícios pessoal financeiro, estimular a eficiência e promover elevados padrões éticos no comércio, na indústria, nas profissões, nos serviços públicos e nos empreendimentos particulares.

 

Comentários estão fechados